ar-rasto

1B9A7910.jpg

ar-rasto é uma criação artística transdisciplinar, de caráter performativo, manifestada pela conexão entre o humano, a natureza, a máquina e as suas interdependências. A sua materialização define-se em três partes dinâmicas: performance, exposição e concerto. A primeira parte revela-se em espaço exterior de uso público, através de um percurso que declara uma interação in situ. A ação é ativada por um dispositivo, que opera como uma máquina-intrumento, e que profetiza um registo visual, que atua como um desenho, e um registo sonoro, que advém desse gesto. Um ato performativo gerado pela sinergia corpo – lugar - máquina, através de uma trajetória que decorre da relação espaço- tempo- corporeidade. Um fluxo ininterrupto de articulações que oscilam entre humano - transumano, local - global, natural - artificial, sem uma qualquer lógica hegemónica. Desta primeira parte, resultarão os conteúdos que darão origem às segunda e terceira partes: desenhos, fotografias, vídeos e faixa sonora que passarão por um processo curatorial, resultando daí a exposição e o concerto. A exposição será mais do que uma documentação da ação artística performativa; uma reinterpretação do lugar e um ensejo de reflexão sobre as matérias ali convocadas. Do mesmo modo, o concerto será a fusão dos registos sonoros resultantes da performance e da interação com a máquina - instrumento. 

A ação artística, em três partes, usa o binómio “estímulo – perceção” para descodificar a relação do corpo humano com os contextos natural – afetivo – tecnológico, valorizando a espacialidade corpórea e os seus modos de ocupar e permanecer no tempo e no espaço; o alerta da urgência para se (re)pensar os lugares que deverão assumir o “ser- humano” e o “ser-máquina”.

Ficha artística

Criação. Limina  Conceção e Direção Geral. Gisela Rebelo de Faria Performance e Criação Musical. Nuno Aroso e Gustavo Costa Esculturas sonoras. Miguel Ferraz  Fotografia. Rui Pinheiro

 

Ficha técnica

Gestão e Produção Executiva. Patrícia Caveiro Co-produção. Limina | Sonoscopia Apoio. Câmara Municipal de Vila Real, Museu da Vila Velha, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e Casa das Artes

Financiamento. República Portuguesa – Cultura | Direção - Geral das Artes

 

Datas e locais

 

Performance + conversa. Jardim da Vila Velha e Museu da Vila Velha, Vila Real 22.09.22 às 18h00 e Jardim Botânico da UTAD (reitoria), Vila Real 06.10.22 às 18h00  Exposição. Museu da Vila Velha, Vila Real 05.11.22 a 29.01.23 (inauguração às 15h00, terça a domingo das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h00 Concerto. Casa das Artes, Vila Nova de Famalicão 13.10.22 às 19h00

Limina.png

Criação

sonoscopia.png

Co-produção

Financiamento

R.portuguesa.png
Dgartes.png
cmvr.png
MuseuVV.png

Apoio

utad_azul.png
casa artes.logo.png